segunda-feira, 5 de março de 2012

COMO ABORDAR UMA VITIMA


ASPECTOS LEGAIS NA PRESTAÇÃO DE PRIMEIROS SOCORROS

A Legislação no Brasil no CÓDIGO PENAL BRASILEIRO, no Artigo 135 aborda o crime de Omissão de Socorro.

 Artigo 135 “Deixar de prestar assistência, quando possível de fazê-lo sem risco pessoal, a criança abandonada ou extraviada, ou a pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir nesses casos, o socorro da autoridade pública”.  


                                                                                A VOCÊ

O melhor Técnico em Primeiros Socorros ou Socorrista não pode substituir um médico ou um profissional qualificado, portanto, é muito importante que você tenha um bom conhecimento, e tranquilidade para tomar todas as decisões e providências necessárias para que o acidentado (vítima) receba uma assistência apropriada e de boa qualidade o mais rápido possível; pois, com um atendimento bem efetuado desde os primeiros socorros pode-se minimizar o sofrimento e até mesmo salvar uma vida.   


AVALIAR O LOCAL E A SITUAÇÃO

É A PRIORIDADE AO INICIAR O ATENDIMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS

A segurança do tec. de primeiros socorros e de fundamental importância


O Tec. em Primeiros Socorros, ao chegar até a vítima, deve ser rápido, porém não precipitado. Devendo observar e avaliar todo o local e a situação em si, eliminando possíveis riscos e perigos, dando prioridade em manter a sua segurança e proteção, porque um pequeno detalhe não observado pode fazer do téc. outra vítima. Devemos também manter a vítima protegida. Caso seja observado situações que possa colocar a vida do téc. e da vítima em risco de morte o local deve ser evacuado o mais rápido possível, ambos devem estar em um local que lhes passe total segurança e proteção.
OBS. Em situações em que o Tec. em Primeiros Socorros e a vítima estiverem correndo risco iminente de morte, o Técnico terá total autonomia para retirar a vítima do local o mais breve possível para outro local onde ambos estejam seguros, mesmo que a vítima venha a ter outras lesões, pois, a prioridade naquele momento é estar seguro, manter e salvar uma vida.

Colher criteriosamente a maior quantidade possível de informações (caso não tenha visto o acidente), efetuando perguntas simples e objetivas para a vítima e ou populares presentes, como:


ü  O que aconteceu?
ü  Quando aconteceu?
ü  Como aconteceu?
   
 Ao abordar a vítima devemos nos identificar falando o nosso nome e a nossa qualificação dando assim maior confiança e segurança a mesma. (Mesmo que ela pareça inconsciente)


Fatores e Situações de Risco Iminente
§  Incêndio,                                                            Risco de atropelamento,
§  Risco de contato com fios de alta tensão,             Risco de explosão,
§  Possibilidade de desabamento,                            Asfixia (gases tóxicos),    
§  Risco de afogamento,                                                  Tiroteio em andamento.


Detalhes que devem ser considerados:

ü   Biosegurança - Evitar o contato direto com secreções e sangramentos,
ü    Atuar de forma segura, sem deixar de usar a cautela,
ü   Solicitar ajuda de outras pessoas que estejam próximas para isolar e manter os curiosos afastados, dando preferência às pessoas que estão lhe questionando,
ü   Examinar a vítima de forma rápida, observando as prioridades como: Respiração, Pulso, Hemorragias e Consciência;
ü   Saber com a vítima, caso esteja acordada, o local aonde dói, e o que esta sentindo,
ü   Se a vítima estiver lúcida questioná-la, procurando saber se efetua algum tipo de tratamento ou se usa algum tipo de medicação, se é cardíaco, diabético, hipertenso ou epilético,
ü   Solicitar ajuda qualificada repassando para o médico todas as informações colhidas no local.


Obs. Tais atitudes são de fundamental importância para o sucesso do socorro.


IMPORTANTE

Ø  O Corpo de Bombeiros é o socorro especializado que efetua o atendimento Pré Hospitalar e efetua o transporte da vitima para o hospital, é acionado pelos telefones. 192 ou 193.

Ø  A Guarda Municipal do Rio de Janeiro possui um efetivo altamente treinado e capacitado para prestar os Primeiros Socorros, podendo ser acionada pelo telefone. 153.

                                     O ACIDENTE E O ACIDENTADO

Ao verificar o posicionamento da vítima, cor da pele, possíveis deformidades anatômicas e observar se há sangramentos o técnico em primeiro socorros já terá uma visão do que deve e o que não deve ser feito naquele momento para iniciar o atendimento. Tal processo é de fundamental importância, pois um pequeno detalhe pode não só manter a vida como também tirá-la, podendo também causar um novo acidente e novas vítimas.
Sianto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário